sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Saudade.


Hoje eu acordei e antes mesmo de abrir meus olhos, dei de cara com uma grande surpresa, você não foi a primeira coisa que me veio a cabeça, abri os olhos e sorri, pensei no que teria que fazer durante todo meu dia, pensei na minha mãe que ainda na cozinha fazia meu café, meu pai me ligou falou lá tudo que ele queria e desligou e eu de novo sorri, levantei finalmente depois de minha oração de bom dia, tomei banho e café, você ainda não estava lá, foi quando abri o lado do armário onde guardo minha escova de cabelo favorita, que era a sua também, e pela primeira vez no dia você estava lá .. por mais que eu no fundo tivesse a esperança que fosse ser um dia completamente sem lembranças suas, a sua imagem me olhando e dizendo: -Cadê aquela tua escova preta? passou e parou na minha mente, não houveram lágrimas como algumas lembranças que eu tive em alguns dias anterirores mas ainda trouxe saudade, só que uma saudade mais comum, mais conformada e eu lembrei de uma amiga que me disse que a saudade vai existir sempre e de qualquer coisa, saí então do congelamento que minha mente se encontrava, voltei a pentear meus cabelos e segui meu dia.. mais um dia sem você, mais um de toda a minha eternidade sem você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário