sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Criança Machista

E naquele dia, eu abri a porta e disse; vá embora pelo amor de Deus, maldita criança machista. Não existem homens machistas pois quando um homem é homem de verdade ele não vai te achar menos mulher porque você sai de casa ou porque tem amigos, que mulher quer ser propriedade? ainda mais de uma criança que ameaça ir embora toda vez que você respira, eu não conheço muito de amor, ainda não vivi o meu verdadeiro mas eu juro pra você que aceitar isso não é prova de amor, aceitar um homem te dizer o que você tem que fazer é falta de amor, do seu amor próprio. O que esses machistas não entendem é que o que faz uma mulher é o seu caráter, a força com a qual ela lida com os problemas, a alegria que ela transmite aos outros e sua cumplicidade em qualquer relacionamento, até mesmo de amizade, existe aí um problema, os machistas sabem que ela é mulher o sufisciente para eles, sabem que ela é tão boa em tudo que faz que quer que ela faça tudo só por ele e para ele, pra ninguém poder nunca saber o que é que ela tem que o prende o prendeu por tanto tempo. Minha querida menina, mulher, moça, senhorita ou senhora, você é mais do que isso, você não precisa que um homem te avise quando você pode sair de casa pra não haver ninguém na rua que possa ver o que você tem de bom, se ele te achar menos mulher pra ele simplesmente porque você foi à padaria num horário comercial onde muitos poderiam ver suas qualidades, emtenda uma coisa: '' ele que não é homem pra você.'' não sejam bobas minhas queridas, crianças machistas passam, conheçam um homem de verdade e esse sim vai querer que todos saibam o que te faz tão especial e para que um dia as crianças machistas se tornem homens a vida é que se encarrega de dar pra eles uma mulher bem diferente da que nós somos, pra que quando eles aprendam com a maldade delas, nós sejamos tudo que eles sempre quiseram.. Tarde demais!
obs: ''só se sabe o que é bom quando conhece o ruim.''

Nenhum comentário:

Postar um comentário