segunda-feira, 10 de outubro de 2011

De perto

Em um banco, sozinha, cara de poucos amigos, chega alguém:
- Você está esperando uma pessoa? Posso sentar aqui?
- Já está sentando não é mesmo?
- Pensei que você seria mais simpatica, de longe não tem jeito de ser arrogante.
(Ela já com um meio sorriso) - Você não me pegou num dia bom, passei por umas poucas e boas hoje.
- Melhor então, pensei que o problema fosse eu. Sabe, estava ali de longe me perguntando e como não ia ter a resposta vinda dos céus, resolvi então perguntar à única pessoa que pode me responder. Por que você abandonou o dourado da ponta do cabelo?
(Ela já com um sorriso enorme estampado) - Ah isso, dava muito trabalho, tenho pouca paciência e com o cabelo assim, gasto menos tempo me arrumando.
- Você é linda, acho que já deve até ter ouvido muito isso.
- Não é pra tanto, se a conversa for tomar rumo para esse lado, vou ficar calada o tempo inteiro e deixará de ser um diálogo. Sou somente alguém que sempre sorri, isso de alguma forma sempre atrai pessoas pra perto, mas fora esse detalhe, me considero comum.
- Muito bonito te ouvir falar dessa forma, tanto que preciso ir embora.
- Como assim? Se gosta de me ouvir falar, não há motivos pra sair. Atrasado pra alguma coisa?
- Entenda, se eu ficar será difícil me conter, você respira de forma atraente, bagunça o cabelo enquanto fala de um jeito que fica mais arrumado, dá uma pausa que soa sincera entre as frases que diz, e continuando do seu lado não vou poder me segurar, sei que se fizer o que eu quero você vai sair daqui me odiando e se eu fizer o que quero nunca mais vou querer sair de perto de você, temos um sério problema então, e eu não posso mais ficar, se um dia achar que devo e que posso, vou te procurar onde quer que seja e fazer o que tem que ser feito. Um dia quando seu coração for de novo seu, e você puder entrega-lo novamente a alguém.
Novamente em um banco sozinha, cara de quem quer fugir dali mas não pode, espera que alguém chegue, nesse dia não chega mais ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário