terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Clichê

Pessoas não são objetos ou ações no mercado que perdem valor por atitudes pequenas e tão sem importância ainda sou a favor daquele ponto de vista em que temos que enexergar as pessoas pelo que elas trazem na mente e pelo que viveram como experiência, se alguma vez você  propositalmente se fez louco e perdeu a razão de suas atitudes, o rumo em que leva sua vida, por algumas horas, isso não te faz menos ser humano e não deixa sua alma mais suja que a de ninguém, alguma vezes neste mundo sujo, temos mesmo vontade de estravazar e jogar coisas sem importância- mas que insistem em não sair da nossa mente- para o alto e viver intensamente aquele momento e não há nada melhor do que sorrir, viver e brincar ao lado de pessoas que você ama, mesmo que você faça tanta bobagem que no outro dia tenha na cara estampada o cansaço de algo que nem se lembre, e se isso acontecer é só fechar os olhos e pensar pelo lado bom: ''terei o que contar a meus filhos e com estas histórias meus netos vão ser estragados.'' e mesmo que não se lembre mesmo de nada ao ponto de que essas histórias nem possam passar para a posteridade, não desanime, o que importa mesmo vai ser como você se sentiu na hora, a euforia que lhe levou a fazer tudo que fez. Importe-se apenas com o que seus amigos vão achar, se eles te xingarem, aceite, mesmo que no outro dia vá e faça tudo igual. Jamais dê ouvidos ao que quem não gosta de você vai dizer, a opinião deles não importa pois se sabe que tudo que querem é que você se sinta mal..faça valer a pena cada dia de sua vida de forma correta e até mesmo errada uma vez ou outra mas não se arrependa do que fizer ainda mais se no momento em que fez valeu a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário