quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Só caso do acaso

Não falo com ninguém sobre meu nome e não é que não goste de você, eu só não gosto de ninguém e não quero gostar, estou exausto de ir dormir como a única pessoa na vida de alguém e acordar como se pra essa pessoa eu nunca tivesse mesmo existido, você parece sincera e enche os olhos de lágrimas agora enquanto ouve minhas palavras mas isso não é suficiente, também estou cansado de pessoas sinceras e de olhos cheios de lágrimas, confesse que quando se está cara a cara qualquer pessoa é assim "verdadeira", não quero correr o risco de ao virar as costas ter outra pessoa rindo de mim e de tudo que faço por ela, todo mundo quer fazer alguém de idiota em algum momento, até eu já quis e tudo que não posso é correr o risco de estar sendo o idiota da vez na vida de alguém, e é por isso que concordo em dormir com você de vez em quando mas saia de manhã cedo, de preferência enquanto o sol ainda estiver dormindo e faça a gentileza de não me acordar para se despedir, mesmo se um dia você decidir que não quer mais isso pra sua vida, levante-se e saia calada e só não me procure mais, você não tem que justificar nada, nem o seu adeus, se por acaso achar que está se apaixonando por mim, deixe de me visitar, pois minha nova forma de viver não me permitirá  retribuir sua paixão ou qualquer uma outra, e não precisa sentir dó de mim por isso, acredite, sou mais feliz que você e sempre vou ser, pois nunca estarei nas mãos de ninguém e jamais dançarei de acordo com qualquer música que não seja a trilha sonora que eu mesmo escolher pra minha vida. Isso é tudo que tenho para te dizer de início e também de fim, espero que tenha sido claro em tudo, pois são as únicas palavras verdadeiras vindas de mim que você ouvirá dentro deste cômodo, qualquer outra coisa que eu disser será somente alucinação provocada por sono ou um prazer qualquer e só pra finalizar antes que comecemos a nos fazer felizes de brincadeirinha, nunca esqueça de não falar sobre meu nome, não pergunte de onde ele veio, ou qual é, esqueça que ele existe, esse tipo de assunto é profundo demais para ser tratado com alguém que é um caso sem importância e só de vez em quando.

Um comentário: